Congelamento de Óvulos

Fertilização In Vitro
7 de janeiro de 2015
Preservação da Fertilidade
7 de janeiro de 2015

Congelamento de Óvulos

 

Projetar a maternidade para idade tardia tem estimulado muitas mulheres a recorreram ao congelamento de óvulos.

A gravidez tardia, após os 35 anos, tem se tornado cada vez mais comum e, com isso, o congelamento de óvulos tem se tornado uma grande opção de preservação da fertilidade para mulheres.

Para algumas mulheres e algumas pacientes, o medo de envelhecer e não conseguir engravidar é uma situação que preocupa e trás ansiedades, mais a ciência e a Mogiinvitro, conseguem amenizar essa preocupação.

Na Mogiinvitro, o congelamento de óvulos pode propiciar a mulher maior segurança na hora de escolher ser mãe mais velha. Embora não seja uma garantia, e sim uma alternativa, o procedimento pode ser a resposta para o dilema entre a ascensão profissional e o desejo de ser mãe; ou ainda a salvação para o tratamento de doenças que afetam o sistema reprodutor.

Atualmente, grande parte das mulheres pensa em engravidar somente após a conquista do sucesso profissional que, geralmente, ocorre acima dos 30 anos. Nesta idade, as mulheres são jovens e estão com a saúde em perfeito estado, porém, para engravidar, a idade superior a 35 anos é considerada acima do ideal do ponto de vista biológico.

Com o avanço da idade, esses óvulos tornam-se menos eficientes e podem ter sua fecundação ou divisão celular prejudicada.

Os riscos de abortos e malformações sobem consideravelmente com a idade da mulher. O risco para a Síndrome de Down, por exemplo, é de 1 para cada mil nascimentos aos 30 anos, 1 para cada 100 aos 40 e de 1 para 10 aos 49 anos. O diagnóstico desta e de outras síndromes pode ser feito antes que a gestação aconteça, técnica chamada de diagnóstico genético pré-implantacional (PGD), que consiste em analisar geneticamente os embriões obtidos em fertilização In Vitro.

O Congelamento de óvulos ajuda e muito nestas questões.

Congelar óvulos não é mais novidade para nossos especialistas em reprodução assistida e muito menos para as mulheres que desejam engravidar após os 35 anos, visto que este procedimento tem sido cada vez mais procurado nos últimos 02 anos.

Os óvulos congelados podem ser utilizados com vários

foto_

Propósitos:

– Aumentar a eficácia da fertilização In Vitro; como alternativa ao congelamento de embriões, principalmente para casais com restrições éticas ou religiosas a esse método;
– Programa de doação com banco de óvulos;
– Preservação da fertilidade em mulheres com necessidade de cirurgia para retirada do ovário, radioterapia ou quimioterapia para tratamento de câncer que pode causar uma menopausa precoce; ou
– Postergação da maternidade.

Quem pode ou deve congelar os óvulos?

Embora não substitua o processo natural, pacientes com indícios de menopausa precoce, com prescrição de quimioterapia ou radioterapia e que têm mais de 35 anos e ainda não se sentiram preparadas para engravidar ou não encontraram um parceiro ideal são aquelas que têm indicação para o método.

Como é feito o congelamento de óvulos?

Para fazer o congelamento de óvulos a Mogi In Vitro, oferecerá todo o suporte e tranquilidade, a coleta deve se calcular exatamente quando começa o período fértil da paciente e, durante dez dias, ela terá que aplicar conforme nossa equipe médica, que inibe a destruição natural dos óvulos descartados. Através de um controle feito pela ultrassonografia, nossos médicos sabem quando eles estão maduros para a aspiração.

A aspiração é um processo feito em um hospital, com a mulher sedada e que não provoca nenhuma dor. Após o procedimento, o material vai para análise e os óvulos são separados e então congelados.

Quanto tempo um óvulo pode ficar congelado?

O tempo de validade dos óvulos depende diretamente da qualidade do procedimento de congelamento e armazenamento. Óvulos que são mantidos em nosso laboratório equipado com tecnologia renomada,  podem durar muitos anos.

A partir de quantos anos posso congelar óvulos?

Embora a partir dos 21 anos o Conselho de Medicina já permita que uma mulher opte por congelar seus óvulos, que até os 35 anos são o ideal. Com o passar do tempo eles vão ficando velhos e a sua eficácia diminuída. Em um mundo ideal o congelamento deveria ser feito aos 30 anos.

Até quando os óvulos podem ser implantados?

Embora não exista nenhuma determinação, é preciso que nosso médico e a paciente avaliem cada situação.

Congelar os óvulos acelera a menopausa?

O processo irá apenas coletar a produção ovariana daquele ciclo. Ou seja, não há nenhuma interferência no tempo fértil do organismo.

Quem congelou os óvulos e fez fertilização In Vitro pode ter parto normal?

O nascimento está diretamente ligado à saúde da gestação e não ao modo como se deu a fecundação. O tipo de parto não tem nada a ver com o método utilizado para engravidar e se tudo estiver bem com mãe e bebê, o parto normal é o mais indicado e o que oferece menos riscos.